Bem Vindo aos Monarquicos de Portugal

Bem -Vindo a um dos blogues mais Portugueses de Sempre!



"Se Mandarem Os Reis embora, hão de Tornar a chamá-los."
Alexandre Herculano



sábado, 3 de setembro de 2011

Dom Daurte de Bragança é o Herdeiro do Trono Português

Sua Alteza Real e muito Augusta Sereníssima Pessoa do Senhor Dom Duarte Pio João Gabriel Rafael Miguel, Duque de Bragança, e Chefe da Casa Real Portuguesa, é o Herdeiro do Trono Nacional.
Quando em 1932 faleceu o Trigésimo-Quinto Rei de Portugal, D.Manuel II, sem descendentes.
Depois do fracasso da primeira incursão monárquica, e perante o que parecia desinteresse da parte de D. Manuel, já que este não punha fé em movimentos baseados na força, ganhou vigor o ramo legitimista, que apoiava os descendentes de
, D.Miguel e que haviam participado no movimento. Para contrariar isto o monarca entrou em negociações directas com os representantes miguelistas. Pretendia-se que D. Miguel reconhecesse D. Manuel como rei e em troca que este reconhecesse a linhagem de D. Miguel como segunda na linha de sucessão, restabelecendo os direitos e cidadania portuguesa aos príncipes miguelistas.
Em 30 de Janeiro de 1912, Dom Manuel II assina o Pacto Dover, Concedendo a chefia da Casa Real ao descendente de D.Miguel I.
Dom Duarte é o Bisneto de Dom Miguel, por vontade de Dom Manuel II Herdeiro do Trono (primo em 6º Grau de Dom Duarte Pio).
Filho de Dom Duarte Nuno, neto de Dom Miguel I, e filho da Princesa do Brasil, Dona Maria Francisca, trisneta de Dom Pedro Iv Rei de Portugal!
Portanto é caso para dizer:
"Há só um Rei, Dom Duarte e MAIS NENHUM"
Viva o Rei! Viva Portugal!
Com Cordiais Saudações Monárquicas
Ruben Magalhães! :)
O Reino de Portugal
Desde o ano de Deus, 1143, que tornámos uma Nação Livre defendida por um Rei Livre!
Portugal nasceu a 5 de Outubro de 1143, com o Tratado de Zamora, Tratado com Leão e Castela, que assina a Independência do Reino de Portugal. Contudo a Fundação de Portugal passou por várias etapas, desde da vitória sobre Dª Teresa mãe de D.Afonso Henriques, a 24 de Junho de 1128, na Batalha de São Mamede, até ao reconhecimento Papal da nossa Independência em 1179, por intermédio da Bula Papal "Manifestis Probatum".
Inicia-se a 1º Dinastia, a Dinastia que fundou Portugal, a Dinastia de Borgonha ou Afonsino.
O primeiro corte na sucessão natural na descendência de D.Afonso I foi no ano 1384 , quando Dª Beatriz é rejeitada pelo Povo Português , filha de S.M. O Rei D.Fernando, por se ter casado com D. Juan de Castela, devido a esse mesmo facto é aclamado pelas Cortes de Coimbra D.João, o Mestre de Avis como Rei de Portugal. É nessas mesmas cortes que o famoso Drº João das Regras pronuncia as seguintes palavras: "Nos Liberi Sumus, Rex nostre Liber est, manus nostrae nos liberverunt" ( Nós seremos Livre, o Nosso Rei será Livre, nossas mãos nos Libertarão), este acto dissolveu as actas da Corte de Lamego, servindo desse mesmo modo para sustentar a legitimidade de D.João I.
Após todos estes acontecimentos surge o mito sebastianista, que o Império Português era o Reino de Deus na Terra, porém a morte de D.Sebastião (que morre sem herdeiros) traz sérios problemas à Independência, que acaba nas mãos do Filipe II de Espanha, posteriormente aclamado Filipe I de Portugal, durante 60 anos de domínio espanhol, Portugal sonhou com o regresso da Independência. Foi então no 1º de Dezembro de 1640 que Portugal viu recuperada a sua independência, foi nesse mesmo dia que se deu inicio à ultima dinastia, a dinastia de Bragança.
Durante a dinastia de Bragança, a Independência do Reino foi assegurada, porém a existência de um Reino acabou, vejamos como e Porquê.
Porquê: Portugal viveu precisamente 783 anos de Monarquia, passou pelo Tradicionalismo, Conservadorismo, ultraliberalismo,liberalismo, e por fim o constitucionalismo parlamentar democrático.
No entanto havia se Baseado, na revolução Francesa, uma nova forma de regime político, o chamado "republicanismo". Esse mesmo republicanismo pôs fim ao Reino de Portugal, a nova ideologia era defendia por republicanos, estes que em 1876 fundaram o então, Partido Republicano Português, curioso que este Partido, cujo ideais estão implantados em Portugal, nunca ganhou as eleições nem sequer foi além de 7 deputados no Parlamento, mas curioso é também que ganharam a Câmara de Lisboa e de Olhão, mas injusto é comparar a vontade de duas câmaras à de uma nação!
Teve como último Rei, o Reino de Portugal, D.Manuel II de Bragança e Portugal!
A 5 de Outubro de 1910, precisamente 783 anos da assinatura do Tratado de Zamora, acto Fundador da Nação Portuguesa, da Monarquia, e claro o Reino de Portugal, precisamente no dia do aniversário do Reino de Portugal, terminou o Reino de Portugal. Terminando o Reino de Portugal, inicia-se através de um golpe que derrame somente sangue Português, da-se inicio da República Portuguesa!
Mas meus caros Portugueses, não desanimem, os tempos são difíceis, a Republica é instável no nosso regime, instaurou a ditadura, a anarquia, e agora (como não bastasse) uma republica decadente bem "recheadinha" de crises e hipocrisias!
Mas o Reino de Portugal continua vivo, nos corações dos Patriotas Portugueses, e juntos vamos restaurar o Reino de Portugal!
Vamos Restaurar Portugal pela Monarquia!
E que Viva o Rei ! E que Viva a Portugal !

Com Cordiais Saudações Monárquicas
Ruben Magalhães.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Monarquia.Porque?

Muitas vezes perguntam-me porque da Monarquia. A minha escolha pela monarquia deve
se ao facto de um longo raciocino histórico e lógico.
As principais vantagens em relação à República são:
1º-A imparcialidade do Chefe de Estado.
O Rei não tem Partidos.
Portanto, tem sempre uma boa relação com o Primeiro-Ministro.
É símbolo de Unidade e Parcialidade.
2º- O Rei não é eleito. Porque?
O Rei não o eleito porque, os Presidentes eleitos criam divisão entre os Portugueses.
O Rei é símbolo de Unidade.
3º- O Rei ouve sempre as minorias.
4º- A Monarquia é menos dispendiosa.

Sabia que ?
Dos 20 Países mais desenvolvidos do Mundo 13 são Monarquias .
A República foi imposta aos Portugueses com sangue e violência .
A República nunca foi referendada .
O actual Presidente da República representa apenas 23% dos Portugueses.

A nível de transferência bancária ...
O Governo Espanhol transfere para a Casa Real Espanhola 8,8 milhões de euros.
Presidência da República :16 milhões de Euros.

A Monarquia custa a cada Espanhol : 0,19 €
A República custa a cada Português : 1,58 €

Portanto a Monarquia é um Regime Natural Português, baseado na União dos Portugueses, nos Valores da Pátria, e na Democracia Nacional!
Um Regime Moderno e Democrático!

" Se Mandarem os Reis embora, hão-de tornar a Chama-los " Alexandre Herculano!


Viva o Rei D.Duarte III ! Viva Portugal !

terça-feira, 5 de abril de 2011

Apelo aos monárquicos Portugueses e simpatizantes da causa real

Os monárquicos Portugueses na sua maioria não são filiados em associações monárquicas. Para poder derrubar a República necessitamos de fazer pressão ao regime e precisamos de financiar a nossa causa em comum: Causa Real - Reais Associações. Por uma causa com mais força ajude-nos a servir Portugal, increva-se na Causa Real e traga um amigo . http://www.casarealportuguesa.org/dynamicdata/reais_associacoes.asp

Apelo aos monárquicos Portugueses e simpatizantes da causa real .

quinta-feira, 10 de março de 2011

Aniversário do Princepe da Beira.

Sua Alteza Real D. Afonso de Santa Maria completa agora no próximo dia 23 de Março 14 anos de vida.
O Blogue Monárquicos de Portugal deseja as maiores felicidades a Sar D.Afonso.
Viva a Família Real Portuguesa !
Viva o Rei! Viva a Portugal!

Aniversário da Real Associação de Lisboa

A Real Associação de Lisboa está integrada na Causa Real.
A 20 de Março de 1989 a Causa Monárquica fundou a Real Associação de Lisboa como órgão regional.
A Causa Monárquica mais tarde passou a ser reconhecida como Causa Real e a Real Associação de Lisboa passou a ser reconhecida como órgão regional da Causa Real.
Em 20 de Março de 2010 em Vila Viçosa e no ano Centenário da República de Portugal e não Portuguesa comemorou-se gloriosamente a fundação da Real Associação De Lisboa .
Este ano esperamos algum evento.
As maiores felicidades à Real Associação de Lisboa e à Causa Real.
Viva o Rei! Viva a Portugal!